Mamãaaaanheee!

10 05 2009
A mais bacanona do universo maternal.

A mais bacanona do universo maternal.

Parabéns.

=)

Anúncios




Pedalando, meu amigo. Só assim.

10 01 2009

 

Há simples prazeres da vida que nos fazem um tremendo de um bem, mas por conseqüência (eu gosto dos tremas, não vou tirá-los) dessa nossa vida-louca-vida, acabamos deixando de lado. Andar de bicicleta é um desses prazeres. Há exatos 3 anos, quando me mudei para São Paulo, parei de pedalar pelas ruas aqui de Pindópolis. Havia me esquecido como é bom pedalar pelas ruas. Hoje, desenganchei a magrela da garagem, dei uma lavada de leve, enchi os pneus e criei coragem de sair por aí de novo, como nos velhos tempos. A ida até o centro da cidade me deixou com a saudável cor de pimentão – algo que não acontecia desde dos idos de 2005, tempos em que não sabia beber e ficava dessa cor.

 

Enfim, percebi coisas interessantes nesse passeio:

 

1. Eu realmente tenho um caso de amor com o vento. Não sei explicar, mas provavelmente não seria a mesma pessoa se ele não existisse; ele me acalma de uma maneira que poucos seres vivos conseguem fazer.

 

2. Assistir a filmes de romance, novelas e seriados realmente não fazem bem para a sua vida amorosa. Tinha lido isso no Destak, era uma matéria que dizia que uma pesquisa feita pela Universidade de Iauuasgsdiauysg, com os cientistas de Uashaishbiaud apontava que nos faz mal assistir a esses filmes de amor. E é algo até que lógico, porque na ficção tudo é mais cor-de-rosa e mais plasticamente bonito, não? Daí, você olha para o seu umbigo e fala: “Poxa, porque SÓ comigo que isso não acontece?” A resposta, meu caro, é simples: ficção não é realidade. E não entremos no mérito dos psicólogos e roteiristas, é apenas um fato.

 

3. Eu preciso andar mais de bicicleta. Sério. Meu condicionamento físico anda muito a desejar. Isso que dá ficar só andando em veículos motorizados.

 

4. Eu gosto de ficar tento essas viagens mentais durante esses passeios. É algo que acredito que não podemos fazer se estamos dirigindo um carro, por exemplo. – E não falo isso só porque o Detran me reprovou na prova de direção, tá? – Pés e bicicletas são meios de locomoção lindos e saudáveis e eu os adoro.

 

Foi isso. Ah! E só para fechar, gostaria de mandar aquele beijão grandão para a senhora minha mãe – Dona Selma – que aniversaria nesse 10 de janeiro! Se não fosse por ela…ai,ai,ai….o que seria de mim? Mas podem deixar que já entreguei o meu beijão pessoalmente.

 

2009 – Aproveitem. Mesmo não sendo um ano par. Acredito que ele será bem bacana. Por quê? A Editora Globo me quis como sua estagiária e eu me formo esse ano. Medinho. Ah, e quem tiver idéias para um TCC sobre Jornalismo Ambiental me dê um toque, ok?

 

O vídeo do post é de uma banda chamada Nada Surf, a música “Inside of Love” é linda, por isso está aqui.Triste, mas linda. Dêem uma conferida.

“Of course, I’ll be all right. I’ve just had a bad night.”