A não-magia do Natal

12 12 2008

Divulgaçao

 

Ninguém é feliz em Feliz Natal. Talvez só as crianças, mas elas ainda são muito novas para perceber qualquer coisa, ou simplesmente não tiveram tempo suficiente para conhecer os detalhes da vida familiar.

O filme de Selton Mello traz o lado b das reuniões natalinas em família, aquele lado que a gente não gosta de mostrar para os outros – aquele lado que não parece um comercial de margarina.

Eu poderia viver sem o final do ano. Se o ser-humano não precisasse tanto encerrar e iniciar ciclos….Mas isso não é assunto para ser tratado aqui.

Feliz Natal. O filme mais natalino dos últimos tempos – mas se você gosta dessa época do ano, deixe para assistir no carnaval ou na páscoa, sei lá.

Anúncios