When you got a job to do.

7 07 2011

Se um dia eu prestasse um serviço de envio de correspondências, pacotes e afins que dominasse todo um país, e cobrasse um valor por esse serviço, eu teria o mínimo de responsabilidade e eficiência para com meus clientes. Sabe como é, perder um objeto não seria uma opção. Mas sei lá, essa sou eu. O mundo é tão diferente, não é mesmo?

Anúncios