São Paulo 457 e a Biblioteca Mário de Andrade.

26 01 2011

Depois de um mês inteiro de férias, cá estou eu novamente para São Paulo. E hoje, como foi o aniversário da cidade, aconteceram diversos eventos por aqui. O que fiz, na verdade, foi um roteiro de turista-padrão. Como precisava pagar uma conta (!), decidi sair e andar por aí, encontrando as atrações meio que sem querer.

Passei pela praça da República, onde a Maria Gadú passava o som com a música “Sampa” (mas é claro); pelo Vale do Anhangabaú, com mais shows, bailes, escalada e tirolesa; pelo Centro Cultural Banco do Brasil, com a ótima exposição sobre o Islã – arte e civilização; fui até o Pateo do Collegio; a Praça da Sé; e terminei na reabertura da Biblioteca Mário de Andrade.

Foto por José Luís da Conceição/AE

A biblioteca estava fechada desde 2008 para reforma, e como fica do lado do apartamento, antes de fecharem, gostava de ir até lá quando tinha um tempo. O lugar era bem arejado e silencioso e os livros eram para ser lidos apenas no local; a parte circulante ficava em outra sede, na rua da Consolação. Agora com a reforma, a Mário de Andrade está completa novamente. Há o espaço para a consulta de livros, revistas, jornais e afins lá mesmo; e também há o espaço para você alugar o livro e levar para casa – atualmente, existem 42 mil títulos à disposição. Aproveitei e já fiz meu recadastro, mesmo ainda tendo algumas pendências para ler aqui em casa.

O lugar ficou incrivelmente mais bonito, completo e organizado. Com diferentes espaços e um mundo infinito de prateleiras. O esquema continua o mesmo: você faz a pesquisa e retira seu livro na estante (se for para levar para casa), ou pede para um funcionário pegar o exemplar para você (caso for ler ali mesmo). A diferença que agora é que é possível ter mais contato com os livros; há salas divididas por temas e as estantes ficam acessíveis para consulta daqueles que não vão levar o livro para casa, o que não acontecia antes, pelo que me lembre.

Tudo bem que, como hoje era dia de festa, o silêncio passou longe dos ambientes da biblioteca, eram redes de TV e rádio, fotógrafos e, o mais importante, um grande público andando para cima e para baixo, prestigiando a reabertura. Foi bonito ver a Mário de Andrade cheia de gente, e assim espero que continue.

Outra novidade foi a abertura de mais um ponto de BookCrossing, o oitavo no país. A ideia do BookCrossing é de “transformar o mundo inteiro numa biblioteca”, através das pessoas que deixam um livro em algum lugar público que, posteriormente, será encontrado e lido por outra pessoa e assim por diante. Você coloca uma etiqueta nele – como é explicado no site – e assim, quando o seu livro for achado, a pessoa que o encontrou, poderá dizer o que achou da obra e o que pretende fazer com ela daqui para frente – o esperado é passar adiante.

Por exemplo, vi no site que há um exemplar de “O príncipe”, de Maquiavel, solto no aeroporto de Manaus/AM, e o livro “Death is forever”, de Elizabeth Lowell, no Mercure Hotel, em Joinville/SC. Vai saber de onde eles partiram…

O movimento nasceu em 2001, com o americano Ron Hornbaker, e já conta hoje com mais de 850 mil membros; 6,2 milhões de livros cadastrados em 130 países diferentes, como a Espanha (clique para ver a reportagem que mostra a ação em Madri), e o Brasil (matéria da TV Gazeta sobre o novo ponto do BookCrossing, em São Paulo).

Anúncios

Ações

Information

One response

26 01 2011
yohanandrade

Fiquei muito feliz pela Mário de Andrade. Logo no começo da facul lembro de ter passado lá, fazer cadastro e tals.. Era tão pertinho, né?
Mas a Biblioteca de São Paulo, no Carandiru, é muito mais perto p/ mim. É linda, tem praticamente todos os livros da minha lista…
Só falta ter o charme e a história da Mário!!! rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: