The Swell Season’s concert.

31 08 2010

Eles eram músicos. Fizeram um filme. Ganharam um Oscar. Se apaixonaram. Montaram uma banda. Começaram um namoro. Terminaram o namoro. Continuaram músicos. Continuaram com a banda. Continuaram apaixonados pela música que criaram. Eles são Glen Hansard e Marketa Irglova. Eles são The Swell Season.

A história incomum de um irlandês de 37 anos e de uma checa de 19 anos que estrelaram juntos um filme de baixa produção, com apenas duas handy cams, gravado em 17 dias, conquistou o público, dentro e fora das telas. Once” ou “Apenas uma vez (2007), dirigido por John Carney, faturou o Oscar de Melhor Canção Original em 2008 e esse foi só o começo para a dupla resolver continuar a parceria musical, criando o Swell Season.

As letras sempre bastante fortes e simples falam de histórias de amor e de decepções amorosas, que ganham ares mais do que pessoais na voz rouca e apaixonada de Glen e na voz delicada e melódica de Marketa. Entre acordes de violão e de piano, os dois já lançaram dois discos; o primeiro, The Swell Season (2006), com algumas músicas do filme e o mais recente, Strict Joy (2009) com outras baladas como “Low Rising”, “In These Arms” e as mais agitadas, como “Feeling The Pull” e “The Rain”.

Fui ao show deles no HSBC Brasil, em São Paulo, nessa última sexta, depois de semanas de expectativa e algumas horas diárias passadas no youtube assistindo a apresentações do grupo. Posso dizer que não me decepcionei em nada. O show foi tudo aquilo que esperava, até um pouco mais, na verdade. Tanto Glen, quanto Marketa foram extremamente simpáticos, falando algumas frases em bom português (superaram o clássico “obrigado”) e se mostrando bastante à vontade no palco.

Talvez a recepção do público tenha colaborado para isso. Todos aplaudiam, cantavam junto e pediam músicas que queriam ouvir. A apresentação teve quase duas horas e meia de duração. A impressão que dava era que eles, simplesmente, não queriam ir embora. Houve até a tentativa de um sambinha por parte do Glen, depois dele comentar que achava que as motos em São Paulo corriam muito (atento o rapaz, não?). Saiu um “Honda-a-aaa”, cheio de graça e – pouco – ritmo. Já comentei que ele é irlandês?

Quase no final, Marketa liderou a banda com a música “Cucurrucucu Paloma”, do Caetano Veloso, deixando claro que eles sabiam que a letra estava em espanhol e não em português. A versão ficou linda, a propósito.

Nem preciso falar que fiquei mais fã do que já era. Só espero poder ver outro show em breve, quem sabe na Irlanda mesmo, e ficar amiga próxima dos dois – mais dele do que dela, diga-se de passagem. Só isso. Não preciso de muita coisa.

O set list do show:

Say it to me now

All the way down

Low rising

In these arms

The rain

Feeling the pull

Lies

If you want me

Fantasy Man

Leave

Astralweeks (Van Morrison cover)

Backbroke

Into the Mystic (Van Morrison cover)

Colm

I have loved you wrong

Revelate

When your mind´s made up

Falling Slowly

Paloma (Caetano Veloso cover)

Gold

Fitzcarraldo

You ain’t goin’ no where (Bob Dylan cover)

Anúncios

Ações

Information

6 responses

31 08 2010
Pedro

Belo post! Deu até vontade de ter ido no show, apesar de nunca ter ouvido. Vou baixar o filme e umas musicas pra ver…

bjo!!

1 09 2010
Roberto Maia

Parabéns pelo post!
Realmente um show emocionante!
Abraços,
Maia

10 09 2010
Bruna Ferreira

Tá por dentro, hein, Cá! Queria ter visto as tentativas em portuguêS dois dois! Que amor!

28 01 2011
Paula

Nossa que pontinha de inveja!Aqui no Rio eles se apresentaram no Vivo Rio,infelizmente eu ainda não os conhecia,mas lendo seu post me senti um pouquinho mais animada e quem sabe ve-los na Irlanda?sucesso!Beijos!

24 02 2011
Camila Pastorelli

O show foi lindo mesmo, Paula! Quem sabe não consegue ir para a Irlanda mesmo e vê-los por lá? bjs!

21 05 2013
The Commitments | Mais estranho que a vida real.

[…] o filme, e quando descobri fiquei chocadíssima, foi o meu querido Glen Hansard (já falei dele aqui). Gente, ele era MUITO feinho e estranho! Como pode a pessoa dar um upgrade tão impressionante com […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: