De repente.

24 11 2009

A vida tinha que ser assim. Uma sequência de coincidências e oportunidades que aparecem quando você menos espera.

Hoje foi um dia muito rápido, cansativo, aliviante e inesperado, de diversas maneiras.

Finalmente, entreguei meu TCC para a banca. Detalhe: a reportagem chegou hoje mesmo da gráfica. É, se não tivesse emoção, não teria graça.

Falei ao telefone, super sem querer, com a jornalista que convidei para estar na minha banca. Espero que dê certo.

Fui convidada para ir em um evento bem bacana amanhã na Sala São Paulo. Acho que vou gostar bastante.

Resolvi entrar na Livraria Cultura, às 21h45 (a loja fecha às 22h), para tentar comprar um presente de aniversário para a minha irmã (Parabéns, Jubas!). Eis que estava tendo uma sessão de autógrafos com o americano Benjamin Moser, um apaixonado pela obra da Clarice Lispector. Já havia lido boas críticas do livro que escreveu da autora, “Why This World – a biography of Clarice Lispector” (lançado no Brasil como, “Clarice, uma biografia”) – saiba mais aqui. Mas, com toda certeza, não esperava encontrá-lo ao vivo, a cores e a poucos metros. Não tive dúvidas: comprei o livro e fui pedir o autógrafo.

Na fila, já tentava pensar em frases não muito toscas em inglês para conversar com ele, quando o ouvi falando um alto e claro português. Ufa. Deixei para treinar o meu “fantástico” segundo idioma um outro dia. O escritor, bastante novo (33 anos), foi bem simpático e me disse que já está com saudades do Brasil. Ele parte amanhã para o Rio e depois para outros estados, em função da divulgação do livro, entretanto volta depois para a Holanda (se não me engano), país que mora.

Benjamin conheceu o Brasil quando tinha 19 anos e passou um semestre na PUC do Rio. Foi aí que melhorou seu português (uma das seis ou sete línguas que fala). Depois de cinco anos de pesquisas, veio com o livro de Clarice.

Benjamin Moser

 

Fiquei toda feliz com o meu livro autografado (não foi uma das aquisições mais baratas, mas o Natal está aí, não é? Alegria, alegria!) e não vejo a hora de começá-lo. Clarice é uma das minhas autoras prediletas e os textos que mais se aproximam de uma espécie de “autobiografia” são os que acho mais bacanas. Esse livro vai me cair bem. Principalmente, nessa época. Final de ano. Final de curso. Finais. Odeio finais. E Clarice sempre me atinge de uma maneira muito estranha. Às vezes, faz muito bem, às vezes, muito mal. Vai entender.

Ah, e quase esqueci! Enquanto pegava um livro para ir para a fila de autógrafos, um simpático senhor me perguntou se era mesmo o autor que estava assinando a obra, ou se era o tradutor. Afirmei que era o autor mesmo. O senhor perguntou se o livro era bom. Respondi que parecia ser muito bom. Depois a conversa continuou e ele quis saber se fazia Letras.

– Não, jornalismo.

– Ih, filha, sou jornalista há quase 40 anos e não posso deixar de concordar com uma frase que li uma fez: uma pessoa que mata um jornalista sempre o faz em legítima defesa.

Desconversei um pouco, disse que não era bem assim. (Me formo esse ano, poxa! Tenho que ter um pouco de amor próprio). Mais alguns minutos de conversa e o senhor virou para mim e disse: “Você não vai ser jornalista, acho que vai ser escritora”. Depois de rir um pouco, falei que talvez não, afinal, gosto mais de fotografia. Perguntei o que ele fazia agora, já que não dava mais aulas. Ele afirmou que escrevia. Já tinha alguns livros publicados e ia lançar mais outro essa semana. O convite informal foi feito, agora espero a confirmação por email que ele ficou de mandar. Ficarei no aguardo.

Depois de tudo isso, para acabar a noite, entro em casa e descubro que uma das cartas que estava aguardando, finalmente, chegou. Mas essa só vou poder contar depois.

Sim, foi um dia rápido e inesperado, e foi ótimo. Que ele se repita em breve.

Anúncios

Ações

Information

One response

24 11 2009
ppR.

humm… escondendo o jogo, que carta misteriosa é essa ahn!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: