Uma noite com Josh Rouse.

18 08 2008

 

É por isso que eu adoro o Sesc. Você tem a oportunidade de ver um cantor internacional se apresentar num teatro com uma estrutura muito bacana, uma acústica melhor ainda e tudo isso pela bagatela de DEZ reais (se você for estudante). Não é algo estranho para padrões tupiniquins?

De qualquer maneira o show do cantor norte-americano Josh Rouse foi uma beleza, como resenha o site da Abril. Eu fui conhecendo cerca de cinco, seis músicas, e saí de lá com vontade de “baixar” o resto todo na internet. Sim, o cantor só tem um CD lançado no Brasil, e como ele mesmo brincou, “Obrigado por vocês conhecerem as  minhas músicas, tenho certeza que todos compraram os CDs pela internet.”

O teatro estava lotado, eu e a minha amiga Simone conseguimos lugares no mesanino, onde pudemos ver todo o show de uma visão até que previlegiada. Canções como “Sweetie”, “It’s the nighttime” e “Love Vibration”, fizeram o público cantar e se empolgar, mesmo que sentado – um dos pouquíssimos pontos negativos da noite.

Josh Rouse falou o famoso Owbrigado” e disse ser muito fã da música brasileira, mesmo não entendendo nada do que se fala. O que importa mesmo é a música, não é verdade?

No bis, quem estava embaixo se levantou e ficou bem pertinho do palco. “Sad Eyes” e “Directions”, sendo as canções mais conhecidas pelo público brasileiro, foram bastante aplaudidas.

Após o show, a barraquinha com os CDs do cantor foi praticamente atacada por todos que queriam levar uma cópia para casa.

A noite de sexta-feira acabou muito bem para mim. E até teve medalha de ouro em Pequim,não é? Mais bacana ainda.

Achei no Flickr da Anna Farath fotos do show, para quem quiser dar uma conferida, é só clicar aqui.

Anúncios

Ações

Information

5 responses

18 08 2008
Simone

É, um show desses deveria fazer temporada em São Paulo, tds deveriam ter a oportunidade de presenciar tamanho talento e simpatia!

18 08 2008
nni

Oi!
Obrigada por linkar minhas fotos e meu vídeo no post 🙂
Legal teu flickr! Vou te adicionar lá, ok?

Realmente o show foi muito bom e a estrutura do Sesc é ótima. A acústica super boa, o som estava no ponto certo.

E tanto o Josh quanto a banda são muito simpáticos além de talentosíssimos. Adorei!

E só de pensar que às vezes paga-se bem mais caro para uma apresentação em um lugar conhecido com um artista que parece um robozinho no palco e mal interage com a platéia…

22 08 2008
leonardoace

É Camila, faz alguns séculos que eu não vou em um Sesc, e sinto falta pra burro disso. O legal é quando eu fazia natação no Pompéia, fiquei até sequelado de tanto cloro!
huahuaha
beijo!

23 08 2008
gian

pois é, melhor do ano, top 10 da minha vida, o primeiro show que vejo de alguem que realmente gosto, tenho todos os discos… fiquei na fila F, cadeira 5, bem na frente do josh rouse. pra quem chegou no sesc sem ingresso, a cortesia foi muito bem generosa….enfim, antologico.

23 08 2008
gian

duvido q ryan adams venha. duvido mesmo. digo que sai disco novo em outubro e eles toquem por lá. se viesse ja teria sido anunciado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: