É crescendo que a gente se entende.

13 08 2008

O primeiro momento é a passagem dos 10 para os 11 anos:

– Poxa, não dá mais para contar a idade com os dedos das mãos.

Depois vem os 15 anos, é festa de debutante pipocando para tudo que é lado:

Vou ter que usar vestido?

– Vai.

– E longo ainda por cima? Droga.

Parece que existem momentos específicos da nossa vida que nos fazem perceber que estamos uhmm…crescendo? Funciona assim, pelo menos comigo: Você está bem, na tranqüilidade da sua rotininha meia-boca, fazendo o que sempre faz, convivendo com os amigos que você tem, vendo televisão, ouvindo música, comendo, dormindo, acordando, quando de repente…Pá! Algo acontece que sai da normalidade que existia até então. E você percebe que o tempo, realmente, passa.

Vem a época das formaturas universitárias, a grande parte dos seus amigos – uns que você conhece desde cotoco – vai poder substituir o Estudante, ao assinar o item Profissão nas fichas de cadastro por aí, por: Advogada, Engenheiro, Jornalista, Médica, Auxiliar de Máquina Fotocopiadora (vai saber,não é?).

Passado isso, começam a aparecer os noivados e casamentos, você é chamado para ser padrinho, madrinha – daminha de honra não dá mais,tá? -, vai lá, se acaba nas festanças, fica relembrando as histórias que parecem que sempre vão ser engraçadas, não importa quanto tempo passe. Pois é, de repente…Pá!

– O batizado do Pedrinho vai ser no sábado, você vem, não é?

Caramba. O Pedrinho já é realidade. Até pouco tempo atrás era:

– Ah, sempre gostei do nome Pedro, o que vocês acham? Quando eu tiver um filho, vai ser esse o nome!

Bom, as surpresas e fases são sempre bacanas, porque fazem você ficar todo encafifado coms seus pensamentos – quem sabe até surge uma crise existencial, maravilha!

O problema é quando você já tá mais que veterana nesse papo todo de “De repente..pá!”, e seus amigos e pessoas que você conhecia começam a ir embora de vez. Esse momento é uma daquelas “partes chatas de crescer” que a gente ouve tanto falar por aí.

Bom, isso tudo é o que deveria acontecer na ordem, digamos, cronológica das coisas. Só que nem sempre existe ordem cronológica ou ordem natural. A piada toda está aí mesmo: Não saber o que vai acontecer, nem quando vai acontecer, nem se você vai chegar a ver algo acontecer.

Tudo que eu sei é que meu pai já está na fase de não saber exatamente onde fica a rua Fulano-de-tal, entretanto, ele conheceu o Fulano-de-tal quando estava vivo. Bacana, não é? Gente crescida é assim.

Anúncios

Ações

Information

5 responses

14 08 2008
Simone

Taí, crescer é bem estranho msm!!A gente se acha adulto quando tem 12 anos, o tempo passa… e reparamos o qt éramos crianças e nem imaginávamos.
Não é que eu queira ser como o Peter Pan e ficar para sempre na Terra do Nunca com uns 6 anos de idade, mas o qt eu puder conservar o espírito de criança dentro de mim…vou fazê-lo!

19 08 2008
Yohana

Hahahaha!! Mto bom! Ei senti que a coisa estava mudando quando falaram que meu RG precisa ser trocado (fiz em 1997) e quando, de repente, esqueci o ano que me formei… Pura tragédia-cômica!!!!

19 08 2008
Yohana

Hahahaha!! Mto bom! Eu senti que a coisa estava mudando quando falaram que meu RG precisa ser trocado (fiz em 1997) e quando, de repente, esqueci o ano que me formei… Pura tragédia-cômica!!!!

22 08 2008
Fábio

Muito bom!
Aos 16, eu achava que sabia tudo. Hoje, aos 26, desconfio que sei alguma coisa. Ainda vai chegar o dia em que eu saberei que nada sei!

31 08 2008
Felipe

Nossa, que texto legal. Esse negócio de “de repente… pá!” é horrível. Depois melhora. Mas até você conseguir entender e assimilar tudo e fazer desses novos acontecimentos sua nova rotina, leva um tempo e é um período de adaptação bem, digamos, transtornado. Eu particularmente perco o chão. E quando finalmente o encontro e começo a caminhar com passos firmes “pá”, são as paredes que somem. rsrs

É a vida, né!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: